Os gêmeos espertinhos!

3
Posted Julho 7, 2013 by erika in
TFTeen

Meu esposo Joseph e o seu irmão Antônio são gêmeos idênticos e, por isso, desde criança sempre se “davam bem” enganando os outros. Até mesmo a mãe deles se confundia às vezes. 🙁

Na escola funcionava assim: o Antônio fazia bagunça e, quando alguém vinha perguntar, ele dizia que tinha sido o irmão gêmeo, Joseph, mas quando a diretora da escola achava o Joseph ele simplesmente dizia:

“Eu sou o Antônio!”

Ou seja, eles nunca achavam o irmão que tinha feito a bagunça para colocar de castigo!

Isso acontecia na escola, em casa, na rua… e assim eles foram crescendo. Vira e mexe se aproveitavam por serem “iguais”.

Já na adolescência, o Joseph se envolveu em uma séria confusão com um homem muito perigoso que tinha até armas e uma fama de matar aqueles que se desentendiam com ele. Naquele dia, o Joseph havia se metido em problemas!!!

Ainda naquela semana, o seu irmão gêmeo (o Antônio) andava pela rua quando foi seriamente agredido… sabem por quê??? Porque acharam que ele fosse o Joseph. Ele fez de tudo para que acreditassem em quem ele realmente era, mas não deu certo. Por mais que falasse a verdade, ninguém acreditava nele.

Muitos jovens curtem viver uma vida de engano, fingem ser alguém que na realidade não são. Fingem servir a Deus, fingem obedecer os pais, fingem falar a verdade – fingem fingem e fingem. Só que eles se esquecem que cedo ou tarde irão colher cada frutinho amargo do engano que eles vêm plantando.

Não seja bobo (a). Não há nada pior e mais desastroso do que viver uma vida de engano. Cedo ou tarde, o seu “mundo” vai cair e você estará sozinho (a).

Amigos, sejam sinceros, ainda que seja para mostrar as coisas feias que você ainda não venceu ou para reconhecer seus erros… não importa! Não nada mais bonito do que uma pessoa sincera, pois por mais que ela pareça frágil por reconhecer seus erros, na verdade ela é mais forte do que todos os enganadores.

Beijinhos e até domingo que vem.

Raquel Ouverney


3 Comments


  1.  
    Marcelle Borges

    Com certeza a sinceridade é a melhor escolha, eu passei por uma situação injusta por falta de sinceridade e honestidade de determinadas pessoas que visam o poder aquisitivo que têm, ou que acham que têm, e sabe não há nada mais medilcre (me perdoa a expressão), que uma pessoa que sustenta mentiras, que é duas caras, que mente para se dar bem, ou ficar por cima de determinadas situações, francamente eu não tenho a mínima vontade de ficar ao lado destas pessoas, e quando vi que estava cercada por lobos vestidos de cordeirinhos, logo tratei de fazer orações para que Deus me livrasse e me tirasse daquele local, e não deu outra, fui demitida, porém não me arrependo, pois antes estar em um trabalho que as pessoas são verdadeiras, do que ficar servindo aqueles que servem ao pai da mentira. As pessoas devem ter em suas mentes a ideia de que se não gostam que mintam pra elas, que também não minta para as demais. E querendo ou não, a sinceridade nos aproxima de muitas coisas e pessoas boas.




  2.  
    Bruna Rocha , Salvador - BA

    Verdade! Isso me faz abrir os olhos e ser mais atenta contra a mim mesma pois por besteiras não sou sincera. Obrigada! bejinhos…




  3.  
    Laura Christina

    Arrebentou….gostei muito deste post…temos que ser sinceros para com DEUS…muitas vezes cometi erros, e falhei em muitas coisas…mas eu creio que pela misericórdia DELE, ELE me perdoou…basta que sejamos sincero em primeiro lugar…e busca-lo com o coração sincero…na fé…<3





Leave a Response


(required)